Como escolher o Sapato de Sapateado ideal para mim: conhecendo cada detalhe.

Chris Matallo segura Coleção de Tap Dance Só Dança
5 minutos para ler

Você está iniciando as aulas de Sapateado e surgiram dúvidas sobre qual é o Sapato perfeito para esse começo? Ou já pratica Sapateado há algum tempo e precisa investir num sapato novo? Seja qual for o caso, sabemos que a compra do seu Sapato de Sapateado é um momento superimportante e devemos ter todo cuidado na escolha do mesmo.

O ajuste perfeito em seus pés é fundamental tanto para o conforto como também para a qualidade do seu desempenho, e, consequentemente, para os sons vindos dele. Isso porque um Sapato de Sapateado é um verdadeiro instrumento musical, com várias particularidades e cada um é ideal para uma função na sua carreira de Tap Dance. Você sabe quais são esses detalhes que fazem toda diferença na escolha?

Nesta semana, quando comemoramos o Dia Internacional do Sapateado (25 de maio), contamos com a ajuda da bailarina, sapateadora, coreógrafa, musicista, atriz e cantora, Chris Matallo, e preparamos esse post com diversas dicas sobre cada detalhe do sapato, que vão ajudar na escolha do modelo ideal para você. Confira!

Solado

Você já deve ter se deparado com Sapatos de Sapateado de solado (ou sola) único, duplo ou triplo. Então, você sabe qual a diferença entre eles?

“A questão da sola dupla ou tripla é muito do gosto pessoal do sapateador, porém, num primeiro momento, é extremamente importante que o professor de tap indique para seu aluno o sapato mais adequado para ele naquele momento específico.

Normalmente, a sola tripla facilita alguns passos como Pick ups, Pull backs, que exigem maior distância entre o chão e os pés, e com essa sola não é necessário saltar muito no momento de realizar esses passos.

A sola única deixa o sapato mais leve, excelente para aulas com um estilo flash, acrobático.

A questão da sonoridade também muda, pois tratam-se de fatores que refletem na caixa de ressonância.” explica Chris Matallo.

Mas, qual desses solados é mais indicado para Sapateadores Iniciantes e qual indicado para Sapateadores Avançados?

“O indicado para iniciantes é a sola simples (única).

Para o avançado é uma questão de gosto pessoal, já que o sapato funciona como um instrumento musical, é subjetivo e está ligado ao estilo e som de cada sapateador. Eu, por exemplo, tenho sapatos diferentes uns dos outros para usar em momentos distintos.”

Modelos

Sapatos com Cadarço, Sapatos para prender ao tornozelo (estilo ‘Boneca’), Bota, Salto Alto. Qual modelo escolher?

Chris esclarece: “Novamente, os Sapatos de Sapateado são um instrumento de percussão, podendo ser classificados de acordo com a possibilidade de produzirem sons de altura determinada ou indeterminada (com afinação ou não).

O salto no caso do sapato flat, baixo, tem maior superfície, produzindo mais som. Portanto é um sapato mais “robusto”. Em termos físicos, a altura está ligada à amplitude da onda sonora gerada pela vibração de um determinado instrumento ou material. Quanto maior a amplitude da onda, maior é a quantidade de energia que ela carrega, consequentemente, maior é o seu volume. Na realidade, isso envolve um conjunto de fatores relacionando o sapato e o corpo do sapateador e como o sapateador trabalha as dinâmicas do som.

O sapato de salto alto difere não só na estética, mas na sonoridade. Ele terá um outro efeito. Por ele estar mais longe do chão, a caixa de ressonância será diferenciada, e o resultado é um som mais agudo e delicado. Mas nem por isso, o sapateador não poderá tirar sons mais fortes. Novamente, trata-se da consciência corporal e conhecimento musical desenvolvido por cada professor dentro de sala de aula.”

Lembrando que estamos falando, nest post, dos Sapatos próprios para o Sapateado Americano. Nesse outro post contamos um pouco sobre a diferença entre o Sapateado Americano e o Sapateado Irlandês.

Freios

E os freios de Couro?  E os de Borracha?

“O solado de borracha é importante para pisos muito escorregadios, que as vezes são até perigosos para o sapateador que ainda não tem total controle do seu próprio corpo.

O freio de couro já não prende tanto, permitindo que o sapateador “deslize” mais, e faça, com mais propriedade, os slides (passo específico que desliza).

Eu, particularmente, prefiro freio de couro. Mas, mais uma vez, tenho sapatos com borracha também. Já aconteceu de ter que enfrentar palcos extremamente escorregadios! Recentemente, por exemplo, estava na Suíça dando um workshop, e a sala de tap, que é incrível, tem acústica perfeita e um piso maravilhoso, porém o processo de raspagem e selagem ainda não havia sido concluído, por isso, estava muito perigoso. Neste caso, o freio de borracha é essencial, como também é para sapateadores iniciantes e básicos. Uma dica é colocar um pedacinho, até mesmo fazendo uma cruz da fita adesiva silver tap nos toes e heels (chapinhas frontal e posterior). Ajuda muito para não escorregar!”

Agora que você já conhece esses detalhes relevantes para escolher seu sapato de sapateado, sabe a importância de ter com você um produto de qualidade com ajuste perfeito em seus pés para cada ocasião.
Chris Matallo, além de todo o talento para arte que já conhecemos, apadrinha a linha de Tap Dance da Só Dança. Conheça a Linha Completa!

Sapato de Sapateado Só Dança Preto e Vermelho
TA880
sapatilha-de-pontaPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

-